there’s a light that never goes out – the smiths

theres a light2

me leva pra dar um rólis hoje à noite
prum pico onde tenha música boa e uma galere jovem e daora
nessa sua lata véia
não quero ir nunca mais pra casa
porque nem casa eu tenho mais

minleva pra dar um rólis hoje à noite?
porque quero ver o povo
e quero ver as luz tudo
nessa sua lata véia
pelamor, não me deixa lá em casa
porque não é mais minha casa
é a casa deles e eles não me querem mais lá

e se um buzão de dois andares
batesse bem no meio da gente?
morrer do seu lado
seria um jeito tão maravis de morrer
e se um caminhão desses pesadão
matasse nós dois?
morrer com você…
aaah, o prazer e o privilégio são meus

me leva pra dar um rolétes hoje
me leva pra qualquer canto
eu não ligo, eu não ligo, eu nun tô nem aí
e num túnel escuro, pensei
“aêw, finalmente, uma chance!”
mas daí senti um cagaço enorme
e não consegui fazer nada

me leva pra dar um rólis hoje à noite
me leva pra qualquer canto
eu não ligo, eu não ligo, eu nun tô nem aí
nessa sua lata véia
não quero ir nunca mais pra casa
porque nem tenho uma, nem tenho uma

e se um buzão de dois andares
batesse bem no meio da gente?
morrer do seu lado
seria um jeito tão maravis de morrer
e se um caminhão desses pesadão
matasse nós dois?
morrer com você…
aaah, o prazer e o privilégio são meus

tem uma luz que nunca se apaga
tem uma luz que nunca se apaga
tem uma luz que nunca se apaga

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s